A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) entregou nesta segunda-feira (29/4) o terceiro Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) da rede estadual, localizado na Policlínica Governador Gilberto Mestrinho, no Centro de Manaus. O novo centro ampliará o acesso da população ao diagnóstico e à prevenção de DST/Aids.

A secretária executiva adjunta de Atenção Especializada da Capital (Sea Capital) da Susam, Dayana Mejia, destacou que o centro garante o fortalecimento da atenção básica na promoção e proteção da saúde da rede e anunciou a abertura de novos centros.

“Hoje damos um grande passo na expansão dos nossos serviços, colocando em funcionamento o terceiro CTA, ampliando a coleta para exames de HIV, sífilis e hepatite. Até o fim do ano, outros sete centros serão implantados em policlínicas e Caimis, para dar à população acesso ao diagnóstico precoce e ao tratamento”.

Os outros dois CTAs da rede estadual funcionam na Fundação de Medicina Tropical – Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) e na Fundação Alfredo da Matta (FUAM). Por mês, a Coordenação Estadual de IST/Aids chega a enviar somente para o CTA da FMT até 1.200 testes de HIV.

A infectologista e coordenadora estadual de IST/Aids, Dessana Chehuan, ressalta que os testes de IST/Aids e hepatites virais também são realizados na rotina normal na rede municipal de saúde. No entanto, o Governo está implantado CTAs como forma de ampliar a oferta do serviço.

“É uma forma do Governo do Amazonas garantir que mais pessoas tenham acesso ao diagnóstico precoce, o que melhora o tratamento e, consequentemente, a qualidade de vida da pessoa diagnosticada com HIV”, afirma a infectologista.

A localização da policlínica Gilberto Mestrinho foi essencial na escolha do local. “A policlínica é localizada em uma área central de Manaus, com grande fluxo de pessoas durante todo o dia. Então, por essa e outras razões, acreditamos que o serviço será muito bem utilizado”, avalia Dessana. A Policlínica Gilberto Mestrinho vai oferecer teste para HIV, sífilis e hepatites virais.

Campanha – A implantação do CTA marcou a abertura da Semana Estadual de Conscientização do Diagnóstico Precoce de HIV e o lançamento da campanha “Teste. Trate. Viva. Faça o teste de HIV”, promovida pela Coordenação Estadual de IST/Aids e hepatites virais, vinculada à FMT. Durante todo o dia, serão disponibilizados testes rápidos de sífilis, HIV e hepatites virais.

Como parte das atividades da campanha, a coordenação de IST/Aids irá distribuir na capital e no interior 50 mil folders e 10 mil cartazes com informações sobre diagnóstico e prevenção. Na capital, serão distribuídos 16.128 preservativos masculinos e 8 mil unidades de gel lubrificante.

“O objetivo da campanha é incentivar as pessoas a procurarem os serviços de saúde em seus municípios e realizarem o teste. Quanto mais precocemente a pessoa conhece seu estado sorológico, mais rápido ela pode iniciar o tratamento. A expectativa de vida de uma pessoa com o diagnóstico positivo para HIV, por exemplo, que faz o tratamento corretamente, é igual à de uma pessoa que não tem o diagnóstico”, alerta Dessana.

Dentro da rede estadual de saúde, a Coordenação de IST/Aids tem o papel de vigilância, monitorando os dados sobre a doença, estimulando a população por meio de campanhas, distribuindo insumos aos municípios e capacitando profissionais que atuam nos serviços municipais.

Confira a programação nos municípios:

Manacapuru

Dias 5, 17 e 27/4

Praça 16 de Julho: vacina, teste rápido, zumba, dinâmica, corte de cabelo, palestras e atendimento médico

UBSFs: atendimento médico e odontológico, coleta de preventivo, teste rápido e vacina.

Praça da Matriz: teste rápido e vacina

Humaitá

De 22 a 26/4

Centros de reabilitação de ex-dependentes químicos 12 Apóstolos e Betel; 4º BPM/AM; e 54º Batalhão de Infantaria da Selva: mobilização da população, palestras educativas e oferta de testes rápido de HIV, sífilis, HbsAg e Hcv.

Rodoviária de Humaitá: ação para população em geral.

Benjamin Constant

De 22 a 27/4

Ações na Secretaria Municipal de Educação e Defesa Civil; CRAS e CREAS; Conselho Tutelar; Secretaria de Produção e Obra; Prefeitura; e Feira Municipal (DNIT).

Iranduba

De 15 a 18/4

Ações nas associações de Moto Táxi, Taxistas e Lancheiros; Grupo LGBT; Presídio feminino; Corpo de Bombeiros; e Aldeia Sahu-Apê (Distrito do Ariaú).

Eirunepé

Dias 15, 17, 22, 24, 26 e 27/4

UBS Batista Marques – Auditório: palestra para os profissionais de Saúde

Instituto Federal do Amazonas (Ifam), Centro Tecnológico do Amazonas (Cetam), Universidade Estadual do Amazonas (UEA), Presídio, Escola Estadual São Francisco e CRAS: palestra e testagem para HIV.

Bairro estratégico: ação social ou grupos de visitas

Santo Antonio do Içá

De 22 a 26/4

Rádios comunitárias: entrevistas enfatizando a importância do Diagnóstico Precoce do HIV, e informando os locais das ações.

UBSs: distribuição de preservativos e folders, e realização de teste rápido para HIV.

Realização de teste rápido para HIV em populações prioritárias

Palestras para a população em locais públicos

Maués

De 22 a 27/4

Escolas: palestras e distribuição de preservativos e materiais informativos

Presídio, centros sociais e secretarias: realização de testes rápidos, distribuição de preservativos e folders informativos.

UBSs: atividades educativas, realização de testes rápidos e distribuição de preservativos e folders.

UBS Fluvial na zona rural: realização de testes rápido, e distribuição de preservativos e folders.

Praça da Matriz: realização de testes rápidos, distribuição de preservativos e folders.

Presidente Figueiredo

De 22 a 26/4

UBSs diversas: realização de testagens rápidas de HIV, sífilis, hepatites “B” e “C”, palestra sobre a doença, panfletagem e distribuição de preservativos masculinos e femininos.

Uarini

Dias 2, 3, 12, 15, 22 e 30/4

Testes rápidos, palestras e entrega de folders e preservativos na Praça Jocunda Carvalho e postos de saúde (17h); em escolas e órgãos públicos (22h); presídio (17h); comunidades indígenas e comunidades adjacentes (12h).

Tefé

De 6 a 10 de maio

Radio Mel FM e Rádio Rural de Tefé: divulgação da campanha nos veículos de comunicação

Escolas municipais, repartições públicas e UBS: ações educativas com palestras ou amostras sobre IST/HIV/AIDS, PEP, Prevenção Combinada, distribuição de preservativos e material informativo, e testagem Rápida para HIV.

UEA: mesa-redonda e explanação sobre IST/HIV/AIDS, PEP, Prevenção Combinada, distribuição de preservativos e material informativo no II Encontro Internacional de Educação Multicultural, Estudos Linguísticos e Pesquisa Interdisciplinar.

Unidade Prisional de Tefé: oferta de testagem rápida para HIV, e distribuição de preservativos e material informativo.