O Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus (CAS) realiza nesta quinta-feira (25), a 287ª Reunião Ordinária – primeira de 2019 -, para analisar 88 projetos industriais. Juntos, os projetos somam US$ 626.917 milhões e a meta é gerar 3.545 novos postos de trabalho. Jair Bolsonaro está confirmado para participar da reunião.

A reunião contará, também, com o ministro da Economia, Paulo Guedes. Participam, ainda, o superintendente da Suframa, Alfredo Menezes, os conselheiros representantes dos diversos ministérios integrantes do CAS e demais representantes de entidades de classe e órgãos governamentais da região, entre outros.

Durante passagem por Manaus, Bolsonaro deve visitar, antes da reunião do CAS, o Colégio da Polícia Militar V (CMPM V) Ten Cel Cândido José Mariano, situado na Zona Centro-Sul da capital.

CAS

De acordo com a Suframa, além da pauta de projetos em votação, também serão avaliadas alterações nos três principais marcos regulatórios referentes à implantação de projetos industriais e agropecuários que, de acordo com o superintendente Alfredo Menezes, deverão trazer mais agilidade no trâmite dos processos e simplificação e desburocratização de procedimentos.

“Apresentamos alterações nas Resoluções nº 070/1997 e nº 100/2013, que tratam das diretrizes e normas técnicas de ocupação nos distritos agropecuário e industrial, respectivamente, de forma a destravar processos que estão sobrestados há mais de três anos, face às inconsistências apontadas pelos órgãos de controle nas regulamentações atuais”, explicou Menezes.

Segundo o superintendente, a nova proposta dará maior celeridade na aprovação de projetos industriais e na eventual concessão de limites adicionais para importação de insumos.

Entre os projetos industriais de implantação, que representam efetivamente a abertura de novas empresas no Polo Industrial de Manaus, destaca-se a iniciativa da Yellow Indústria e Comércio de Equipamentos de Mobilidade LTDA, que apresentou projeto para produzir patinetes e bicicletas elétricas, com investimento total maior que US$ 12 milhões e expectativa de geração de 206 empregos. A Yellow é a maior prestadora de serviços aluguel de patinetes e bicicletas elétricas do Brasil, presente fortemente nas grandes capitais.