Amazonas – Nesta segunda-feira (13), a informação do possível afastamento de Jair Souto (MDB), prefeito do município de Manaqu\iri tem causado bastante comentários. Isso porque o então prefeito estaria licitando obras já realizadas pelo governo do Estado do Amazonas. 

Segundo denúncias do chefe do poder executivo, o prefeito Jair Souto (MDB) estaria realizando licitações fraudulentas.  Além de licitar mais de 5 milhões, para asfaltamento de bairros inexistentes no Município.

De acordo com as denúncias, os desvios de recursos, estariam sendo para a campanha da sua reeleição de 2020. O prefeito de Manaquiri, está no terceiro mandato da gestão Municipal e tem pretensões para o 4⁰ mandato, mas de acordo com as últimas pesquisas, está em segundo lugar, ficando atrás de um empresário local, Mário Augusto, pré-candidato a prefeito de Manaquiri.

Até o momento o Ministério Público ainda não se manifestou quanto as denúncias.

Se comprovada os atos de improbidade administrativa, segundo a Lei: 8419/92, a justiça determinará o afastamento do gestor por seis meses, impossibilitando o registro de candidatura a reeleição.