Amazonas – A Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) realizou na manhã desta quinta-feira (27/08) uma programação especial para comemorar o Dia Nacional do Psicólogo. A programação, organizada pelo setor de Bem-Estar do Servidor, incluiu palestra com a psicóloga Magaly Oliveira sobre Saúde Mental na Pandemia, bazar das mulheres criativas, distribuição de flores aos profissionais da área e um coffee break.

As secretárias Maricília Costa, Michelle Bessa e Andréa Cidade, respectivamente titular, executiva e adjunta da Seas, parabenizaram os psicólogos da pasta, destacando o papel fundamental que eles exercem na demanda da rede de assistência social. As gestoras lembraram o importante papel que esses profissionais, juntamente com as assistentes sociais, exerceram no período mais difícil da pandemia do coronavírus, junto aos moradores em situação de rua.

Maricília Costa, que é psicóloga, disse se tratar de uma profissão nobre, cujos profissionais trabalham incansavelmente, principalmente na área da assistência, que demanda muito esforço mental, disposição e paciência, a fim de tratar pessoas com traumas e outros problemas. “É preciso ter uma mente sã para cuidar dos outros”, frisou a secretária, ressaltando que o profissional “estuda igual a médico, são cinco anos de estudo, incluindo o cérebro humano”.

Saúde mental – No decorrer de sua fala, a palestrante Magaly Oliveira disse que, neste momento de retorno gradual ao trabalho, as pessoas estão cheias de angústias e medos, logo precisam cuidar da saúde mental, porque se faz necessário estar bem nesse retorno. Segundo ela, muitos profissionais estão ansiosos, com início de depressão; alguns já têm algum tipo de pânico ou insônia que, nesse período, fica muito potencializado.

“Se não se cuidarem, daqui a pouco vamos ver muitos profissionais entrando de licença por falta de condições de dar continuidade aos seus trabalhos, por conta de problemas que já tinham anteriormente e que se somaram com a pandemia e o estresse laboral”, avaliou.

Ofício gratificante – Para a assessora do Departamento de Gestão do Suas (DGSuas), Evelyn Albuquerque, que é psicóloga, a profissão é gratificante, desafiadora, principalmente em tempos de pandemia. “Comemorar neste dia a nossa atuação como trabalhadores do Sistema Único da Assistência Social é importante, um reconhecimento pelo trabalho que cada profissional da área exerce no dia a dia em prol da população”, disse, informando que neste dia a atuação da psicologia no Brasil completa 58 anos.

Com informações da Assessoria