Manaus – O presidente da República, Jair Bolsonaro, recomendou ao governador do Amazonas, Wilson Lima, que faça a reforma da previdência no Estado.

“Nós fizemos previdência. Eu tenho dito que a nossa previdência é uma quimioterapia, que realmente aumentou o tempo de serviço, aumentou a contribuição e os estados agora tem que fazer as suas. O Estado do Amazonas, pelo que eu sei, os seus números né, não estão tão saudáveis assim, e o Governo Federal também não estava. R$ 1,2 bilhão de déficit, como o governador falou. Então ou faz a reforma, ou o estado vai quebrar, e nós devemos antecipar o problema. Então parabéns à sua iniciativa, espero que a Assembleia Legislativa se conscientize disso e realmente vote, porque afinal de contas eu, o senhor e os deputados estaduais e federais, não podemos só esperar aplauso da população. De vez em quando uma medida amarga tem que ser tomada para evitar que o choro não aconteça lá na frente”, disse o presidente.

Bolsonaro tratou do assunto na abertura da I Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial de Manaus, que está acontecendo no Studio 5.

Entre as questões da reforma da previdência há o aumento da alíquota de contribuição obrigatória dos servidores ao regime de aposentadorias que será elevada de 11% para 14%.