Manaus – Na manhã desta quinta-feira (6), moradores da invasão Monte Horebe, Zona Norte da cidade, realizaram uma manifestação de reintegração de posse em frente da comunidade, após a Justiça do Amazonas emitir uma ordem para que todas as famílias que moram na invasão se retirem do local em até 15 dias. 

Nos últimos meses, o número de crimes na invasão Monte Horebe cresceu em uma escala assustadora, fazendo com diversas operações policiais fosses deflagradas naquela comunidade. As ruas não possuem asfaltamento, o que dificulta muito o trabalho da polícia ao entrar naquela região.

Moradores de condomínios próximos ao Monte Horebe informaram que estão vivendo com medo de circular nas proximidades de suas próprias casas, por medo de serem assaltados por bandidos possivelmente moradores da invasão. Vale lembrar também que durante essa semana, ossos humanos foram encontrados enterrados dentro de um terreno na invasão.

Outro lado

Moradores da invasão Monte Horebe informaram com exclusividade ao portal CM7, que a decisão tomada pela Justiça do Amazonas chega a ser imoral, e que querem retirar o direito deles de ter moradia própria. “Eles não sabem o que a gente vive, eles não sabem o sacrifício que foi arrumar um terreno aqui. Agora querem mandar a gente sair fora? isso é uma grande sacanagem, e o dinheiro que a gente gastou com nossos terrenos?” informou um morador que preferiu não ser identificado.