Mulher é assassinada á facadas no bairro Praça 14 e o marido pode ser o assassino

Raimunda Brandão de Azevedo Filha, 28 anos, foi assassinada com dois golpes perfurantes no pescoço na casa onde morava, na tarde deste domingo (13), em uma vila localizada na Avenida Leonardo Malcher, na Praça 14 de Janeiro, zona sul da capital. Segundo a polícia, o principal suspeito do crime é o companheiro da vítima, Elinaldo Rodrigues Feijó, 31, que fugiu do local.

De acordo com informações do delegado plantonista Alessandro Albino, o crime ocorreu por volta de 16h30, porém, o corpo de Raimunda só foi encontrado uma hora depois por uma criança filha da proprietária da casa, que é irmã de Elinaldo. No momento do crime, duas crianças estavam no local, mas não presenciaram o crime. O delegado acredita que uma faca foi usada para matar Raimunda, porém, a arma do crime não foi encontrada.


                                                               Foto: Reinaldo Okita

O delegado informou, ainda, que a mulher havia registrado um Boletim de Ocorrência (B.O) contra Elinaldo por agressão e chegou a ir para o interior. Recentemente, os dois haviam voltado a viver juntos. Ainda segundo a polícia, o casal 

Vizinhos do casal, que não quiseram se identificar, contaram que Raimunda e Elinaldo estavam discutindo por volta de 12h30. No horário do crime informado pela polícia, estava silêncio na residência do casal. Em seguida, Elinado saiu da casa, aparentemente atordoado, pediu dinheiro emprestado e fugiu do local.

O delegado Alessandro Albino informou que o caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

O corpo foi removido e levado para Instituto Médico Legal (IML), na zona norte da capital.

Fonte D24

ver mais notícias