Militar é confundido com assaltante e é espancado em Manaus

Trio armado invadiu mercadinho. Militar do Exército tentou fugir do assalto, mas foi atingido por disparo.

Um soldado do Exército de 23 anos foi atingido com um disparo no tórax e espancado pela população após ser confundido com assaltantes no bairro Novo Aleixo, Zona Leste de Manaus. Ele tentou fugir de assalto a um mercadinho quando foi alvejado pelos bandidos e, em seguida, espancado. Durante a ação, um açougueiro também foi agredido. Os suspeitos levaram a renda do mercadinho e porções de carnes.

O crime ocorreu na Rua Itaqueraima, em um mercadinho na noite de quinta-feira (8). De acordo com informações repassadas por testemunhas, três homens armados invadiram o estabelecimento comercial por volta das 21h30. Dois entraram pelo portão dos fundos e um pela porta da frente.

“Um ficou perto da porta e os outros dois foram lá atrás com o açougueiro. Eles desligaram as câmeras e perguntaram onde estava o dinheiro, porque sabiam que o açougueiro ficava com o dinheiro, mas ele não tinha dinheiro nenhum”, disse uma testemunha que não quis ser identificada.
Diante da negativa, os suspeitos agrediram o açougueiro, de 24 anos, com coronhadas na cabeça. Eles ainda o obrigaram a colocar em sacolas pedaços de carnes do local.

“Ele ficou muito ferido, com a cabeça sangrando e tonto. Bateram muito na cabeça dele. Meu marido tem 3 filhos que dependem dele. Estamos muito assustados e com medo”, disse a esposa dele, uma mulher de 23 anos.

Durante o assalto, o soldado e a mulher dele entraram no estabelecimento para fazer compras. O militar foi informado por um funcionário que o local estava sendo assaltado e correu.
O soldado foi atingido com um disparo no tórax. Em meio à fuga, ele foi confundido com um dos assaltantes e espancado pela população.

“O pessoal foi para cima dele e começou a agredi-lo com pau, pedra e murros. A mulher dele se meteu no meio e falou que ele era vítima, que era soldado do exército e era vítima do assalto. Foi ai que o pessoal parou, se não fosse ela não sei o que teria acontecido”, afirmou uma moradora.

Além de roubar a carne do mercadinho, o trio ainda levou a renda, aproximadamente R$ 150. Eles fugiram a pé e atirando. “Ouvimos uns 7 disparos. Fiquei com medo e corri para dentro do comércio”, disse uma testemunha.
Apesar de os suspeitos terem tentado desligar o circuito interno de filmagem, as câmeras de segurança registraram toda a ação.
Equipes do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) prestaram socorro ao militar e ao açougueiro. Eles foram encaminhados ao Pronto-Socorro João Lúcio, no bairro São José, Zona Leste de Manaus. O militar ia ser operado na manhã desta sexta-feira (10). Ainda não há informações sobre o seu estado de saúde.

Policiais da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) atenderam a ocorrência. Até o momento, ninguém foi preso.

Fonte: G1

ver mais notícias