Menor grávida de homem casado leva socos e pontapés na barriga

Um vídeo divulgado nas redes sociais está causando grande indignação nas redes sociais. As imagens mostram uma mulher grávida, que aparenta ter menos de dezoito anos, sendo brutalmente agredida no meio da rua. O vídeo, que contém imagens consideradas fortes, teria sido gravado na Bahia. Por ser um caso que ainda está sendo apurado, as informações sobre o motivo da briga são confusas. Um internauta, que se identifica como Arnaldo Toledo, diz morar na cidade onde tudo aconteceu. Em um relato no Facebook, ele alega que a mulher que aparece batendo na gestante teria sido traída pela menor.

O marido da agressora teve uma relação sexual com a garota e não usou preservativo. A menor teria engravidado e a traída não teria aceitado isso. Por isso, no vídeo que tem vinte segundos, ela aparece fazendo questão de bater e dar chutes na barriga da gestante. A agredida chora muito nas imagens e, em determinado momento, parece sangrar na região em que carregava a criança, a barriga. O mesmo internauta alegou que, após a sessão de espancamento, a menor teria perdido a criança.

O divulgador do vídeo, um jovem identificado como Bernardo Luis, disse que o caso aconteceu na segunda-feira, 27, um dia antes do Carnaval, na cidade de Sátiro Dias. Nossa reportagem tentou entrar em contato com o rapaz para ter mais informações sobre o caso, mas até a publicação dessa reportagem, ele não havia respondido os nossos questionamentos. Bernardo apenas diz em sua rede social que a mulher estava grávida de cinco meses e confirma que ela perdeu a criança. Ele ainda chama a agressora de “psicopata”. Uma das nossas perguntas era se a agressora foi presa.

 

ver mais notícias