Homem rouba em parada de ônibus e obriga mulher a fazer sexo oral

A Polícia Militar prendeu um homem de 45 anos anos suspeito de praticar assaltos e estupro na parada de ônibus da M Norte, em Taguatinga. A prisão ocorreu na manhã deste sábado (24/6).

De acordo com a PM, os militares flagraram o momento que o homem assaltou uma mulher de 53 anos. Ao perceber a viatura, ele saiu correndo, mas acabou sendo preso pelos policiais.

Durante a abordagem, outra mulher de 36 anos chegou chorando, acusando o assaltante de ter roubado o seu celular e a obrigado praticar sexo oral na parada de ônibus. O suspeito usava uma arma falsa e foi encaminhado à 21ª Delegacia de Polícia (Pistão Sul), onde foi autuado por estupro e roubo.

Os casos de estupro registraram um aumento de 77,4% em maio deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com levantamento divulgado pela Secretaria de Segurança. Passaram de 53 registros para 94.

Uber
Outro caso de estupro causou comoção no Distrito Federal na última semana. Um motorista do Uber acusado de estuprar uma adolescente de 16 anos na noite de 11 de junho em Vicente Pires foi indiciado pela Polícia Civil. As investigações, conduzidas pela 38ª Delegacia de Polícia (Vicente Pires), respaldaram-se no testemunho de uma amiga da vítima, que estava no mesmo veículo. O homem responderá por estupro de vulnerável, já que a jovem estava desacordada quando sofreu a violência. Ele responderá ao processo em liberdade por não ter histórico criminal.

Conforme o Metrópoles antecipou, em 13 de junho, as duas meninas chamaram um Uber quando estavam em Águas Claras e seguiram para uma festa que ocorria em um colégio no Guará. Quando chegaram ao local, o evento já havia terminado. Elas, então, decidiram ir para outra festa, dessa vez em Vicente Pires, e acionaram o aplicativo novamente.

ver mais notícias