Homem mata namorada com facada no pescoço, incendeia casa e se mata com tiro na cabeça

Uma discussão entre um casal de namorados na cidade de Brasnorte, a 550 km de Cuiabá, terminou um homicídio seguido de suicídio. O crime foi registrado por volta das 22h de domingo (12), no bairro Nosso Lar. 

Dados da Polícia Civil apontam que Edivaldo Minervino de Almeida, 42 anos, agrediu, quase degolou e ateou fogo a casa da namorada, Mair Anathalia de Jesus, 52 anos, que tentava esconder-se das agressões dentro de um banheiro. Na sequência, ele cometeu suicídio. 

Conforme informações da Polícia Civil, o casal estava junto há quatro meses. Na noite de domingo, ele se deslocou até a casa da mulher. Após ser agredida, Nair se trancou no banheiro (único cômodo da casa que era de alvenaria) e telefonou de um aparelho celular pedindo que uma amiga acionasse a PM. 

Ainda de acordo com os relatos fornecidos à polícia, Edivaldo Minervino de Almeida, permaneceu do lado de fora do banheiro fazendo ameaças a mulher. 

Após algum tempo, a vítima teria aberto a porta do banheiro e foi surpreendida com uma facada no pescoço desferida pelo namorado. A agressão foi tamanha que ela quase foi degolada.

Ainda segundo a Polícia, não há evidências de que a porta do banheiro tenha sido arrombada e suspeita-se de que ela tenha aberto a porta por imaginar que o agressor tivesse deixado o local. 

Na sequência, Edivaldo ateou fogo na casa (madeira) e atirou com uma espingarda artesanal contra a própria cabeça. O delegado Wanner dos Santos Neves, de Brasnorte, será o responsável pela instauração de inquérito policial sobre o caso. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) na cidade Juína. 

ver mais notícias