Homem diz que estuprava crianças para vingar de traições da mulher

A 17ª Delegacia de Polícia prendeu nesta quarta-feira (5/7) um homem de 35 anos acusado de estuprar sete crianças com idades entre três e nove anos. Em seu depoimento, ele disse que abusava dos meninos e meninas, entre eles a filha e a enteada, para se vingar da mulher que supostamente o traía. Os crimes ocorreram entre os anos 2006 e 2014, na cidade de Ceilândia.

A polícia começou a investigar o caso em 2014, quando foi feita a primeira denúncia. Na época, ele se mudou para a Cidade Ocidental (GO), Entorno do DF, onde trabalhava como corretor de imóveis até ser preso e confessar os crimes. Ele foi preso preventivamente no município goiano.

“Ele não nos deu detalhes dos estupros, mas confirmou os nomes de todas as vítimas. Alegou que estava muito bravo e queria se vingar da esposa, pois ela não estava dando a devida atenção para ele”, disse o delegado Joás Souza. Segundo o policial, ele não usava armas, mas ameaçava as vítimas psicologicamente. Filhos e filhas de vizinhos também foram alvo do estuprador.

Uma das vítimas chegou a falar para a mulher dele sobre o que estava ocorrendo, mas ela não acreditou: A polícia ainda investiga se outras crianças foram vítimas do criminoso.

O delegado explicou que o nome do homem não foi divulgado para preservar as crianças. “Com uma ou duas vítimas ele concluiu a conjunção carnal. Algumas crianças do sexo masculino relataram penetração; em outros, ele ejaculou no corpo as vitimas. Elas eram obrigadas a fazer sexo oral nele e ele também fazia nelas”, explicou Souza. Fonte Metrópole

 

 
 
ver mais notícias