Empresário é encontrado morto dentro da própria serraria

Corpo tinha cortes na cabeça e braços, além de uma perfuração nas costas.
Esposa da vítima foi achada trancada no banheiro do local.

tim

Um empresário de 33 anos foi encontrado morto no pátio da própria serraria em Espigão D’Oeste (RO), a 539 quilômetros de Porto Velho, no último domingo (6). O corpo foi achado por um cliente e apresentava cortes na cabeça e braços, além de uma perfuração nas costas provocada por disparo de arma de fogo. Na ocasião, a esposa da vítima estava trancada no banheiro do local. Depois de ser libertada, ela relatou à Polícia Militar (PM) que suspeitos teriam invadido o estabecimento, atirado contra o marido dela e depois fugido.
De acordo com o boletim de ocorrência, uma testemunha disse à PM que foi até a serraria para comprar madeiras e, quando chegou ao local, encontrou o corpo do empresário caído no pátio da madeireira. Em seguida, ela foi até a residência do gerente do estabelecimento e comunicou o fato. Ao voltarem à serraria, ouviram os gritos da esposa da vítima, que estava trancada no banheiro do escritório. A mulher foi libertada e a polícia chamada para o registro do caso.

À PM, a esposa do empresário relatou que ela e o marido estavam na empresa, quando chegou um veículo com dois ocupantes. Um deles desceu e efetuou um disparo de arma de fogo contra o esposo dela. A vítima ainda tentou fugir correndo pelo pátio da serraria, mas foi alcançado pelo atirador.
Em seguida, o outro suspeito trancou a mulher no banheiro do escritório, de onde ela diz ter ouvido mais seis tiros. A mulher disse ainda que não reconheceu os suspeitos, pois estavam encapuzados e nem viu o veículo utilizado no crime.
A Perícia Criminal foi acionada e, depois da coleta das informações, o corpo foi liberado para a funerária de plantão. O caso foi registrado na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp). Até o fechamento desta matéria, nenhum suspeito havia sido localizado pela polícia.

Conteúdo G1

ver mais notícias