Corpo encontrado dentro da mala era de uma garota

O corpo da mulher encontrado por pescadores perto do porto de Rimini, na Itália, no dia 25 de Março, já foi identificado.

Trata-se de Katerina Laktionova, de 27 anos, que vivia com a mãe e encontrava-se em mau estado de saúde devido ao fato de sofrer de anorexia (pesava 35 quilos).

A autópsia realizada no corpo da jovem não sugeria sinais de violência. A doença acabou matando Katerina e Gulnara Laktionoca, a mãe da falecida, de 48 anos, que a encontrou morta em casa, decidiu não informar às autoridades, deixando o cadáver em casa durante, pelo menos, uma semana.

Depois disso, colocou a filha dentro de um saco de plástico, colocou dentro de uma mala de viagem e o lançou no mar. O crime foi confessado por Gulnara a um dos amigos da filha.

 

 
 
ver mais notícias