Borracheiro de 21 anos tem a cabeça arrancada no bairro Jorge Teixeira

A causa do crime é desconhecida, parentes afirmam que o jovem tinha vários inimigos.

 

Um borracheiro cujo o apelido era “Malária”, de 21 anos, foi morto a facadas e degolado, no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus. O crime ocorreu na noite desta terça-feira (9), na comunidade Coliseu 2, no ramal Água Cristalina, conhecido como ramal do Brasileirinho.

De acordo com informações repassadas por familiares da vítima, o jovem estava caminhando na rua de casa quando quatro homens em duas motocicletas o abordaram.

“Eles chamaram pelo apelido dele, que é ‘Malária’, e já foram atingindo ele (sic). Ele ficou todo ‘pipocado’ [ferido] e morreu na hora. O local é de invasão, é muito perigoso “,disse uma familiar que não quis divulgar seu nome.

Segundo a polícia, o rapaz foi atingido por facadas no tórax. Ele ainda caminhou cerca de 30 metros e caiu no meio do ramal. Ele também foi degolado.

Parentes do borracheiro informaram que o jovem possuía vários terrenos na comunidade. Eles desconfiam que a morte possa ter relação com a negociação de algum dos imóveis.

“Ele não me falou se estava sendo ameaçado, mas eu sei que ele tinha vários inimigos”,disse a familiar.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), no bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus.

O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

ver mais notícias