Chocante pesquisa revela que as mulheres do Norte, traem mais que os homens na internet

O estudo, realizado pela Victoria Millan – um site de encontros para pessoas casadas e comprometidas que pretendem ter um caso – questionou 2.821 homens que têm casos e 1.654 mulheres adúlteras sobre seduções escaldantes: se têm cybersexo, se têm mais vontade de trair em clima quente, acima da linha do Equador e se arranjam desculpas para conhecer pessoas online ou pessoalmente. 

Tanto os homens como as mulheres dizem que os meses de verão lhes provocam uma sensação calorosa e os seus desejos por um amante aumentam. Surpreendentemente, apenas 61% dos homens dizem que se sentem mais quentes que o clima e querem uma nova amante, comparado com 82% das mulheres. 

7 em cada dez mulheres dizem que é mais provável aumentarem os seus flertes online, enquanto que apenas pouco mais de metade dos homens questionados afirmam que estão à procura de novas parceiras na Internet.

Tanto homens como mulheres que têm casos concordam que é importante conseguirem ligações futuras com os seus amantes de modo a conseguirem harmonizar a vida sexual secreta com a vida familiar. Estranhamente, as mulheres são mais organizadas no que diz respeito a combinar encontros furtivos do que os homens, com 84% das mulheres a dizer que é fantástico e apenas 17% dos homens a concordar. Além disso, 66% das mulheres irão procurar desculpas para conseguirem voltar à cidade das suas férias de sonho para um momento com o seu amante. 
ver mais notícias