Servidores do RioPrevidência paralisam serviços a partir desta quarta

RIO — O atraso no pagamento de salários levou os servidores do RioPrevidência — autarquia responsável pelo regime próprio de aposentadoria e pensões dos servidores do estado do Rio — a entrar em greve por tempo indeterminado a partir desta quarta-feira. Segundo o sindicato do RioPrevidência, é a primeira vez que os servidores da autarquia, criada em 1999, decidem entrar em greve.

De acordo com o sindicato, a decisão aderir à paralisação de diversos outros setores do funcionalismo estadual foi tomada por ampla maioria em assembleia realizada na quinta-feira, realizada na sede da autarquia, na Rua da Quitanda, Centro. Na manhã desta quarta-feira, um grupo de funcionários está concentrado na porta do RioPrevidência.

Os trabalhadores querem a regularização do pagamento dos salários. Como a maioria dos servidores estaduais, os servidores do RioPrevidência receberam apenas a primeira parcela, já atrasada, da remuneração de maio. Cerca de 150 funcionários – mais de um terço da categoria – participaram da assembleia.

ver mais notícias