PM e cinco comparsas são presos pela PF tentando arrombar caixa eletrônico

RIO – Seis pessoas foram presas na madrugada desta sexta-feira pela Polícia Federal quando tentavam arrombar um caixa eletrônica da agência da Caixa Econômica Federal na Avenida Brigadeiro Lima e Silva, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Entre os presos está um policial militar. A ação da PF teve apoio da Corregedoria da PM.

As investigações levaram os policiais federais a surpreender o grupo no exato momento em que usavam um maçarico. Os criminosos chegaram a pintar as câmeras de vigilância da agência bancária para evitar que fossem identificados. Segundo a PF, três foram presos no interior da agência e outros dois, incluindo o PM e seu irmão, foram flagrados em um veículo parado em frente ao local. No carro, um sexto homem foi detido.

Duas pistolas que estavam com o policial militar foram apreendidas. Também foram recolhidos todos os apetrechos usados para o arrombamento. A PF apura agora se o grupo participou de outros arrombamentos. Um dos presos, natural de Joinville, em Santa Catarina, possuia vários mandados de prisão por crimes semelhantes.

Os seis homens, cujos nomes não foram revelados, foram indiciados no crime de furto tentado duplamente qualificado (pelo concurso de pessoas e pelo rompimento de obstáculo) e também pelo crime de associação criminosa armada cujas penas podem chegar a 12 anos de reclusão. Todos foram encaminhados ao presídio Ary Franco, em Água Santa. O policial militar está preso no Batalhão Especial Prisional (BEP) da PM.

ver mais notícias