Paes pede desculpas a atleta australiana assaltada no Rio

RIO – O prefeito Eduardo Paes lamentou nesta terça-feira o assalto sofrido pela atleta paralímpica australiana Liesl Tesch e uma amiga no Flamengo. Ele afirmou que o caso de violência, que ganhou repercussão internacional, foi inaceitável. Mas negou que tenha recebido alguma carta do Comitê Olímpico australiano sobre o assalto. Embora a segurança não seja responsabilidade da prefeitura, Paes se desculpou pelo ocorrido.

— A gente sabe dos desafios do Rio na segurança. Tenho certeza de que durante os Jogos estará melhor — disse Paes. — Só posso aqui me desculpar com essa atleta em nome da cidade do Rio de Janeiro — continuou o prefeito durante uma coletiva de imprensa em que apresentou um balanço das contas da Olimpíada de 2016.

ver mais notícias