Mulheres são flagradas tentando entrar em presídios com maconha

RIO – Agentes da Secretaria estadual de Administração Penitenciária (Seap) apreenderam uma quantidade não contabilizada de maconha durante revistas corporais feitas com scanner em duas visitantes de unidades prisionais. Segundo a secretaria, Dayane Gomes da Silva estava com um invólucro contendo erva seca picada, supostamente maconha, escondido nas partes íntimas. Ela visitaria o interno Márcio Laurindo Tobias, preso no Presídio Evaristo de Moraes, em São Cristóvão.

Outra visitante, Maria Luiza Alves Batista estava com tabletes com erva seca picada enrolados com fita na calcinha. Ela ia visitar o preso Elton Antonio Ferreira na Penitenciária Industrial Esmeraldino Bandeira, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu. Os casos foram registrados na 17ª DP (São Cristóvão) e na 34ª DP (Bangu). As duas tiveram as carteiras de visitantes apreendidas, segundo a Seap.

ver mais notícias