Homem é preso acusado de se passar por diretor do Procon

RIO — Um homem foi preso, na sexta-feira, em Acari, na Zona Norte do Rio, acusado de se passar por diretor do Procon. Fábio Barnardino dos Santos, 41 anos, foi autuado em flagrante por extorsão, pela Delegacia do Consumidor (Decon).

Segundo o delegado Gilberto Ribeiro, Fábio telefonou para um restaurante em Rio Bonito, informando que o estabelecimento passaria por uma fiscalização do Procon, da Decon e do Corpo de Bombeiros. Ele cobrou R$ 1.500 para que a suposta operação não se realizasse.

Ainda de acordo com o delegado, a vítima chegou a realizar o pagamento. Fábio foi preso no momento em que ia sacar o dinheiro, em caixa eletrônico, localizado no metrô de Acari. Os agentes chegaram até ele após a instauração de um inquérito policial para apurar crimes de extorsão em concurso material e associação criminosa.

A investigação constatou que Fábio realizava, diariamente, ligações para comerciantes, sempre falando em nome do Procon, Decon, Anvisa, CBMERJ e Ministério Público, e exigia dinheiro para cancelar a fiscalização marcada.

ver mais notícias