Brigas entre Luiza Brunet e Lírio Parisotto já tinham levado o casal a romper a relação

RIO – As idas e vindas, discussões e alfinetadas públicas entre Luiza Brunet e o bilionário Lírio Parisotto ocupam as colunas sociais e sites sobre celebridades muito antes de a ex-modelo e atriz acusar o companheiro de agredi-la. Segundo a queixa representada no Ministério Público de São Paulo, a briga que resultou na denúncia aconteceu em 21 de maio, no apartamento do empresário, em Nova York. Poucas semanas depois, no último dia dos namorados, as notícias sobre o casal já davam conta que eles estariam separados, mas por outra discussão, que teria sido provocada por uma crise de ciúmes durante uma viagem dos dois à Grécia.

Na época, ambos fizeram postagens nas redes sociais que pareciam ser recados um ao outro. Luiza compartilhou um texto do autor Augusto Cury sobre o valor do dinheiro e de coisas que um milionário não compraria. “Você precisa conquistar aquilo que o dinheiro não compra. Caso contrário, será um miserável, ainda que seja um milionário”, dizia o texto. Já Parisotto publicou a frase “Bom dia a todos os enamorados. Que Deus tenha piedade, proteja e ilumine” e uma imagem de um tigre com a mensagem “Pisa… Mas, quando eu levantar… Corre…”

O episódio teria acontecido pouco tempo depois de o casal ter reatado o namoro, em abril. Eles tinham terminado em outubro do ano passado, após desconfianças de Luiza ao ver que o empresário curtia fotos no Instagram da jornalista Fernanda Alves. Na internet, surgiram supostas mensagens privadas de Parisotto para Fernanda, em que ele a elogiaria e a chamaria para sair.

Em entrevista ao Jornal Extra, a possível pivô da separação tinha afirmado que tudo não tinha passado de um mal-entendido. Mas admitiu que chegou a trocar telefone com Parisotto na rede social. Depois disso, o empresário teria enviado joias e outros mimos a Luiza Brunet, tentando reconquistá-la. Em abril, também na internet, a ex-modelo e atriz compartilhou uma foto do casal almoçando num restaurante em São Paulo.

Filho de agricultores gaúchos, em 2012 Parisotto entrou para a lista da revista Forbes como 601º homem mais rico do mundo.

ver mais notícias