Pezão passa bem, mas deverá receber alta somente na quarta-feira

RIO — Após três dias de tratamento quimioterápico contra um linfoma, o governador Luiz Fernando Pezão continua nesta segunda-feira a receber medicamentos para combater a doença. Segundo o cardiologista Cláudio Domênico, médico de Pezão, o governador vai ser tratado com uma alta dose de corticóides. Como o remédio provoca alterações na glicose, Pezão continuará internado para ser monitorado.

Na terça-feira, o governador, internado no também Hospital Pró-Cardíaco, será submetido a um ecocardiograma para avaliar como está o coração. A quimioterapia tem um efeito tóxico sobre o músculo cardíaco, diz Domênico:

— Às vezes, trata o doente do câncer e o coração fica com sequelas. É importante acompanhar todo o processo.

ver mais notícias