Avião da PF vai levar 11 detentos para presídios federais em outros estados

Rio – A Polícia Federal liberou um avião para o transporte de 11 presos do Rio para presídios federais fora do estado, já na noite desta segunda-feira. O pedido foi feito pelo secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, que, junto com a Vara de Execução Penal (VEP), busca punir a principal facção criminosa fluminense pelo resgate de Nicolas Labre Pereira de Jesus, conhecido como “Fat Family”, de 28 anos, irmão do também traficante Marco Antonio Pereira Firmino da Silva, o My Thor, que já está em um presídio federal. A secretaria não informou para quais unidades prisionais os presos serão levados.

Segundo Beltrame, a subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança (Ssint) detectou que, pelo menos sete traficantes presos no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, teriam envolvimento com o resgate de Nicolas Labre. Os outros quatro, da mesma facção, já tinham autorização do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) para sair do estado, mas aguardavam transporte.

Os presos que serão transferidos para presídios federais são: Leonardo Carlos da Silva, Léo da Kelson (Penha); Davi da Conceição de Carvalho, Dan do Final Feliz (Morro do Chapadão, em Costa Barros); Marcelo da Silva Guilherme, Marcelinho dos Prazeres (Morro dos Prazeres, em Santa Teresa); Wilson Ferreira Cardoso, o Bacalhau (Morro da Providência, na Gamboa); Pualo César Souza dos Santos, Paulinho Muleta (Morros da Fallet e do Fogueteiro, no Catumbi); Edson Pereira Firmino de Jesus, o Zaca (Morros do Prazeres e do Escondidinho); e Aleksandro Rocha da Silva, o Sam da Caicó. Edson Firmino é tio de Nicolas Labre. Os outros quatro bandidos que aproveitam o voo da Polícia Federal são: Isaías da Costa Rodrigues, o Isaías do Borel; Marcelo Fonseca de Souza, o Xará; Sandro Batista Rodrigues, o Naíba; e Márcio Gomes Roque, o Marcinho do Turano.

ver mais notícias