CM7

     
 
 
Manaus, 17 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Você Precisa Saber / Professora de religião é estuprada e morta a marretadas

Professora de religião é estuprada e morta a marretadas

Da redação | 14/03/2017 19:30

São Paulo – O crime foi neste último domingo (12/03/2017) por volta das 22h30 na chácara Santa Helena, na zona norte de São José do Rio Preto. A vítima, Simone Moura Faccini Lopes, 31, havia saído de casa para fazer um trabalho voluntário para a igreja. Segundo informações da polícia, ela foi encontrada morta com golpes de marreta.

Ela estava acorrentada na cama e semi nua. O crime foi descoberto no fim da noite de domingo, quando um lavrador, ao chegar em sua casa, encontrou o corpo de Simone parcialmente vestida, e com o rosto ensanguentado amarrada na cama. O homem imediatamente ligou para a polícia.

 

Os peritos constataram também sêmen nas partes íntimas da vítima, o que indica que ela pode ter sido estuprada antes de morrer. De acordo com o boletim de ocorrência, na chácara, morava um homem de 47 anos que encontrou a vítima morta e um idoso de 64 anos. O idoso não foi encontrado pra prestar esclarecimentos.

O homem disse a polícia que a vítima estava ensinando o idoso a ler e a escrever e que ia com frequência na chácara. No boletim de ocorrência consta ainda que o idoso seria apaixonado por Simone e não seria correspondido. O crime está sendo investigado pela polícia.

Segundo testemunhas, a mulher foi vista chegando ao local no domingo por volta das 11 da manhã e depois disso, não foi mais vista. A polícia vai investigar se a mulher teria sido estuprada antes de morrer.

O velório de Simone vai ser às 16h00 no São João Batista desta segunda. O enterro do corpo está previsto para esta terça-feira (14/03).

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA