Vítima de estupro coletivo sofre 5º ataque de ácido

Mais um capítulo sofrido na história de uma mulher indiana de 35 anos.

Nove anos após sofrer um estupro coletivo e depois de sofrer quatro ataques de ácido possivelmente cometido pelos estupradores, a mulher, que é mãe, foi atacada pela quinta vez em Lucknow, capital de Uttar Pradesh.

O crime, comunicado pelo chefe da Polícia local, Vivek Tripathi, neste domingo (2), foi cometido em um abrigo para mulheres da cidade, enquanto o policial que a escolta 24 horas por dia estava do lado de fora – já que homens não podem entrar no local. “Ela estava tirando água da bomba manual quando o ataque aconteceu”, contou Tripathi. O agressor pulou o muro e, depois de jogar o ácido, fugiu. A mulher, que teve o nome preservado, sofreu queimaduras no rosto e nos ombros.

O estupro coletivo e o primeiro ataque de de ácido que sofreu em 2008 foram motivados, segundo as autoridades, por uma disputa por terras. Em 2012 e 2013, a vítima foi atacada com ácido mais duas vezes, pelos mesmos dois homens.

Conforme o inquérito, eles queriam intimidá-la a retirar as acusações que corriam na Justiça. A quarta agressão ocorreu em março deste ano, quando os dois a forçaram a beber ácido. A mulher estava em um trem, acompanhada das duas filhas. Mesmo processados por todos os ataques, os dois estão em liberdade desde abril, quando pagaram fiança.

Fonte- Notícias ao minuto

ver mais notícias