Vagina com cheiro de peixe podre vira caso de polícia

O fato foi registrado como lesão corporal dolosa e violência doméstica.

O caso aconteceu no Mato Grosso do Sul, onde um homem, de 38 anos, ameaçou matar a esposa, de 41, por conta do forte odor da vagina dela, segundo informações da policia civil. Os dois são casados há 10 anos e moram no bairro Santa Luzia, o caso aconteceu no município de Três Lagoas.

De acordo com o boletim de ocorrência, além de dizer que mataria a mulher, o acusado a espancou. Ele chegou a fotografar ela nua e ameaçou espalhar as imagens na internet.

Durante a confusão, a mulher conseguiu fugir e ligou para a Polícia Militar. Com a chegada da autoridade policial, os dois foram encaminhados a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac).

O fato foi registrado como lesão corporal dolosa e violência doméstica. A vítima pediu medida protetiva contra o marido.

ver mais notícias