Tragédia: Pai mata filha de 1 ano após discussão com a mulher

Homem atirou na cabeça da bebê e quando percebeu que ela ainda se mexia, arrependeu-se e pediu socorro

Um homem identificado Marcelo Rodrigues Machado, confessou à polícia ter matado a própria filha com um tiro na cabeça, em Goianésia (GO). A criança tinha um ano e foi encontrada na última sexta (7) em um canavial, ferida e ainda com vida no colo do pai. A menina morreu depois de chegar ao hospital.

Na primeira versão, Marcelo disse que os dois tinham sido vítimas de um sequestro. No dia seguinte, ao ser interrogado, ele afirmou que saiu de casa atordoado após uma briga com a esposa sobre o aniversário da bebê. O plano inicial era cometer suicídio, mas depois que atirou na filha e viu que a menina ainda se mexia, “arrependeu-se”. Ele ligou para a esposa e pediu socorro.

O homem está preso desde sábado (8). Marco Antônio Maia, delegado responsável pelo caso, afirmou que o suspeito estaria em surto psicótico. “Ele falou que foi ao canavial por conta de algumas vozes que estaria ouvindo. Pegou um revólver, deu um tiro na cabeça da criança e saiu. A ideia inicial era se matar, mas não teve coragem”, relatou.

A Polícia solicitou que ele faça exames médicos para comprovar se o homem realmente sofre distúrbios mentais. A arma usada no crime ainda

ver mais notícias