Temer em discurso agressivo diz que não renuncia à Presidência: “Sei da correção dos meus atos”

Presidente fez pronunciamento curto e direto à imprensa e garantiu que provará, na Justiça, sua inocência

O presidente Michel Temer (PMDB) disse em discurso agressivo, curto e direto no Palácio do Planalto que seu governo viveu seu melhor e pior momento nesta semana, que não irá renunciar à Presidência da República.

“Os indicadores de queda da inflação, números de retorno ao crescimento da economia e os dados de geração de empregos criaram esperança de dias melhores. Otimismo retornava e as reformas avançavam. Ontem contudo a revelação de conversa gravada clandestinamente trouxe de volta o fantasma de crise política de proporção não dimensionada”, discursou.

Temer garantiu que sempre “honrou” seu nome e que jamais autorizou que utilizassem meu nome indevidamente. “Registro que a investigação será território onde surgirão todas as explicações, no Supremo demonstrarei minha inocência. Não renuncio!”, bradou.

ver mais notícias