Velhinho sem noção: Candidato Suplicy é preso por três horas em SP

Eduardo-Suplicy

O ex-senador Eduardo Suplicy (PT) foi preso pela Polícia Militar na manhã desta segunda-feira, dia 25, acusado de desobediência e obstrução à Justiça durante reintegração de posse de terra na zona Oeste de São Paulo. Ele foi liberado três horas depois, noticiou a imprensa.
O caso aconteceu em um terreno ocupado por cerca de 350 famílias há três anos na Cidade Educandário, na região da rodovia Raposo Tavares. Suplicy foi levado para o 75º Distrito Policial, no bairro Jardim Arpoador.

O ex-senador, que é candidato a vereador, acompanhava a ação da PM, se deitou no chão para tentar impedir a reintegração e foi retirado à força por policiais.

ver mais notícias