Uber será tema de debate em audiência pública na CMM

UBER SERÁ TEMA DE DEBATE EM AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CMM 

 Um grupo de jovens chamado ‘Queremos Uber em Manaus’ estiveram na manhã da última sexta-feira (10), no gabinete do vereador Chico Preto (PMN), na Câmara Municipal de Manaus (CMM) para articular uma audiência pública que nessa segunda-feira (13) estará sendo protocolado, no objetivo de debater a regulamentação do serviço de transporte particular feito por meio de aplicativo, conhecido por todo país como ‘Uber’, o qual está conectado em tempo real com os motoristas autorizados à exercerem a profissão. 

 Segundo o vereador, Chico Preto (PMN), a mobilidade urbana precisa deste serviço no mercado, gerando não apenas emprego e renda ao cidadão, mas dando opção ao manauara de serviço com relação a transporte pessoal. “Precisamos nesse momento debater em audiência pública não apenas para informar a população sobre o beneficio deste avanço tecnológico de transporte urbano, mas de discutir o que é bom para cidade e cidadão,  junto com os taxistas e o movimento que almeja ter esse trabalho apoiado por todos os colegas parlamentares.”, disse vereador.  

 Para um dos representantes do movimento ‘Queremos Uber em Manaus’, Julio Lins, buscam a liberdade de escolha do consumidor, no interesse de ter acesso aos melhores serviços em um ambiente competitivo como a de transporte. “O movimento está engajando na luta para trazer à Manaus nas melhores condições possíveis o ‘UBER’. Esse trabalho está sendo feito numa maneira de articulação política junto à CMM para que os vereadores não votem em leis que proíbam esse serviço, mas que que estejam a favor desse avanço urbano.”, afirmou Lins. 

 Julio ainda ressalta que o interesse central é de favorecer a iniciativa privada, facilitando também a vida de usuário de transporte individual que, gostaria de obter em seu favor a possibilidade de um serviço mais econômico e ágil. 

 O serviço de transporte individual por meio de aplicativo está regulamentado por lei em 82 regiões, entre cidades, estados e um país, em todo o mundo. No Brasil apesar de está atuante em 27 capitais, apenas três cidades estão regulamentadas: Brasília, São Paulo e Vitória. 

ver mais notícias