Quem foi as lojas do Amazonas Shopping em busca de descontos de até 80% teve uma grande decepção.

No Dia da Liberdade de Impostos, nesta quinta-feira (1º), consumidores lotaram as lojas do Amazonas Shopping em busca de preços em conta e tiveram uma grande decepção, das 245 lojas do Shopping, somente 60 aderiram e até as que estavam com produtos com preços baixos, enganavam o consumidor, aumentando pra dá o desconto. É o que vem acontecendo em todas as campanhas de preços baixos em shopping de Manaus. 

O shopping fez uma grande propaganda dizendo que o evento seria um dia de protesto contra a alta carga tributária do Brasil e que daria descontos de até 80%, porém não foi bem isso que os consumidores encontraram.

Segundo uma consumidora que entrevistamos, Sra. Maria Tereza Luz, 42, em todas as lojas que ela visitou e tentou desconto, os vendedores diziam que somente uma ou duas peças estavam com desconto. As âncoras nenhuma havia descontos. “Fiquei horas rodando no shopping sem entender o que realmente era desconto”, relata a consumidora estressada.

Já outro consumidor que não quis se identificar, estava dentro da loja Shopping do Pé, foi atrás de descontos e ficou decepcionado ao saber que as lojas do Grupo Shopping do Pé, que é de empresários locais, não aderiu ao desconto, mantendo os preços reais. ” Eu fiquei 45 minutos esperando vaga para estacionar pois o  shopping estava lotado de consumidores frustrados com a propaganda enganosa feita pela CDL e Amazonas Shopping e ainda paguei R$ 10,00 de estacionamento e não comprei nada”, disse.

O Brasil figura na lista dos países que possuem uma das maiores cargas tributárias do mundo. Para se ter uma ideia, até o dia 31 de maio já havia sido arrecadado R$1 trilhão em impostos no Brasil.

ver mais notícias