PROCURADO: Pastor que confessou matar a esposa estrangulada em Manaus está foragido

José Lasmar de Andrade Almeida, 36, o “Pastor Lasmar”, está foragido da Justiça. Ele é procurado por ser o autor confesso do assassinato da ex-esposa dele, a professora Rocicleide de Araújo Silva, 36, morta por estrangulamento no dia 5 de maio deste ano em Manaus e jogada em um rio. Lasmar é pastor, empresário e ex-candidato a vereador de Iranduba. Ele confessou o crime à polícia.

Após a Justiça decretar a prisão de Lasmar, o acusado não foi mais encontrado e passou a ser considerado foragido. “Agora ele sumiu, a gente não sabe paradeiro, não sabe nada”, disse a prima da vítima, Rosilene Queiroz Nogueira, 28, também presente na manifestação. Segundo ela, a vítima e o autor viveram por oito anos um relacionamento conturbado, com ciúmes e agressões dele contra a professora. “Inclusive ela estava com uma medida protetiva contra ele”, disse.

Matou e jogou o corpo

Assassinada no dia 5 de maio, o corpo da professora foi encontrado dois dias depois, 7 de maio, boiando e preso a uma árvore em uma área de várzea às margens do rio Ariaú, na zona rural do município de Iranduba, em uma comunidade no Km 37 da rodovia AM-010. O corpo dela tinha sinais de estrangulamento e estava com uma corda amarrada no pescoço, e foi localizado por pescadores que navegavam pelo rio.

ver mais notícias