Prefeitura liberou, desde as 21h, os ônibus alternativos e executivos, como medida emergencial para recolher a população, fragilizada e indefesa.

PREFEITURA DE MANAUS
A Prefeitura de Manaus, através da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), liberou, desde as 21h, os ônibus alternativos e executivos, como medida emergencial para recolher a população, fragilizada e indefesa.

Estão sendo tomadas providências para apurar as responsabilidades dos empresários, que ordenaram a retirada dos ônibus das ruas, contrariando os interesses da população.

A Prefeiturade Manaus lamenta os episódios ocorridos esta noite e se solidariza com os usuários de ônibus. Um ônibus foi incendiado na véspera (22/2). Outros três foram incendiados e dois alvo de tentativa de incêndio hoje (23/02) à noite.

A administração municipal, por outro lado, não pode ignorar a agonia de motoristas e cobradores, vítimas de assaltos que se avolumam a cada dia.

Durante esses episódios havia poucas viaturas circulando na cidade e o único que justificaria a concentração delas não passou de um “batidão” de presos na Cadeia Pública Vidal Pessoa, segundo a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap).

Espera-se que o Governo do Amazonas retome o controle da segurança pública. O manauara não merece que o descalabro na segurança permita que o banho de sangue ocorrido nos presídios extrapole para as ruas.

Prefeitura de Manaus

ver mais notícias