Prefeitura e Governo reafirmam parceria e vão trabalhar em conjunto na infraestrutura, transportes urbanos e emergência social

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e o governador do Amazonas, David Almeida, avançaram no diálogo, nesta sexta-feira e fecharam uma pauta de ações que serão realizadas em conjunto já nos próximos dias, entre elas soluções para a redução da tarifa do transporte coletivo em Manaus, ajuda humanitária aos venezuelanos que estão acampados na cidade e levaram o município a decretar estado de emergência social e um pacote de obras de verão, com recursos do governo do Estado. 

Arthur apresentou um documento contendo 12 pautas ao governador, durante encontro que aconteceu nas dependência do palácio Rio Branco, Centro. A Reunião sinalizou que a o Município e o Estado voltam a ter  uma relação republicana e harmoniosa.

“Não havia relação entre prefeitura e governo do Estado. O gesto do governador Davi em me procurar, e o meu em recebê-lo e dizer que estou absolutamente aberto ao diálogo com quem quer o diálogo é,  inclusive, uma lição  prévia aos candidatos a governador, para que eles percebam que quem agredir Manaus não ganha eleição”, disse Arthur.

O prefeito afirmou que a reunião marca a volta de uma ação conjunta entre o estado e o município. “O povo de Manaus volta a ser trabalhado por duas pessoas que estão demonstrando o apreço e amor que têm que ter por ele”, destacou.

O governador afirmou que, imediatamente, será formada uma comissão com técnicos da prefeitura, governos do Estado, vereadores, deputados e representantes de outros órgãos de diferentes esferas para garantir a transparência na realização de um estudo para o retorno do subsídio ao transporte coletivo.

“Na segunda-feira vamos iniciar as tratativas com técnicos da prefeitura, rodoviários, Sinetram e todos os agentes envolvidos nessa questão. Para com base nesses estudos trabalharmos aquilo que significa, na planilha, o desconto do diesel e podermos abater no preço final da tarifa de ônibus, o mais breve possível”, disse David Almeida.

David Almeida também afirmou ajuda na questão do atendimento aos índios venezuelanos. “Já temos um tratativa para liberar recursos da ordem de R$ 300 mil. Esse convênio está sendo analisado pelo Conselho Municipal de Assistência Social e, em breve, será repassado à prefeitura”, garantiu.

No encontro também ficou acertado que o governo do Estado voltará a investir em infraestrutura na cidade, cumprindo com repasse de recursos para obras de vital importância. O pacote de obras será anunciado nos próximos dias. 

O vice-prefeito Marcos Rotta qualificou a reunião como extremamente positiva e acredita que esse novo momento irá ser benéfico ao povo de Manaus.

“Eu não tenho dúvida que agora vamos avançar em vários pontos como o retorno do subsídio, asfaltamento, segurança, iluminação pública e outro pontos. O saldo é extremamente positivo e nós haveremos de somar esforços com esse retorno da ação conjunta”, disse Rotta.   

ver mais notícias