Prefeitura de Manaus beneficia população com três novos projetos na área da saúde

Manaus/AM – Nesta quarta-feira (10), o vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta, e o Secretário Municipal de Saúde (Semsa), Homero de Miranda Leão, apresentaram a Unidade Móvel de Aconselhamento e Testagem Rápida para HIV, Sífilis e Hepatites, que ampliará o acesso da população a esse tipo de serviço em locais de difícil acesso.

A aquisição demonstra, efetivamente, o compromisso do prefeito Arthur Neto assumido em dezembro de 2015 ao assinar a “Carta de Paris”, como também de dar continuidade a projetos inovadores em Manaus, como as ações do Projeto Viva Melhor Sabendo Jovem, apoiado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

 

Na oportunidade, a Prefeitura também lançou o serviço Remédio em Casa, que, inicialmente, deve atender duas mil pessoas que fazem tratamento para diabetes melitus, hipertensão arterial e dislipidemia (excesso de lipídios no sangue). O projeto visa ampliar, gradualmente, a quantidade de atendimentos em todas as zonas da cidade.

Para que seja inserido no serviço, o usuário deve ser acompanhado em uma das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), com prontuário atualizado; possuir o Cartão Nacional de Saúde; ter mais de 60 anos de idade; apresentar histórico de diabetes, hipertensão e/ou dislipidemia e não fazer uso de insulina.

 

Além dos dois programas, foi também inaugurada uma nova rede de armazenamento de vacinas, que vai criar salas de vacinas em todas as 182 Unidades Básicas de Saúde da capital. A Rede de Frio tem capacidade de armazenar mais de 1,5 milhão de doses, além de atender ao rotativo de 900 mil doses de imunobiológicos mensalmente distribuídos nas UBSs. O projeto será entregue oficialmente pelo prefeito Arthur Virgílio Neto.

Com a nova Rede de Frio, todo o processo de armazenamento, conservação, manuseio, distribuição e transporte dos imunobiológicos passa a seguir os padrões utilizados no Programa Nacional de Imunização (PNI). A operação é feita por uma equipe técnica qualificada, que oferece condições adequadas de conservação das vacinas, desde o laboratório produtor até o momento em que a vacina é administrada à população.

ver mais notícias