Prefeito Arthur Neto inspeciona trabalhos das equipes de obras na ponte da Lóris Cordovil

Após o desmoronamento de parte da ponte na Avenida Lóris Cordovil, no bairro Alvorada, zona Centro-Oeste, a Prefeitura de Manaus deu início nesta segunda-feira, 17/4, à demolição total do tabuleiro da via. Esta fase do trabalho deve durar quatro dias e inclui também a retirada do antigo gabião (estrutura armada utilizada na estabilização de obras viárias) que danificou com a infiltração da água da chuva.

MANAUS AM 17/ 04 / 17- PREFEITO E VICE VISITA PONTE QUE CAIU NA LORES CORDOVIL ARENA DA AMAZONIA.FOTO MARINHO RAMOS/ SEMCOM.
MANAUS AM 17/ 04 / 17- PREFEITO E VICE VISITA PONTE QUE CAIU NA LORES CORDOVIL ARENA DA AMAZONIA.FOTO MARINHO RAMOS/ SEMCOM.
MANAUS AM 17/ 04 / 17- PREFEITO E VICE VISITA PONTE QUE CAIU NA LORES CORDOVIL ARENA DA AMAZONIA.FOTO MARINHO RAMOS/ SEMCOM.
MANAUS AM 17/ 04 / 17- PREFEITO E VICE VISITA PONTE QUE CAIU NA LORES CORDOVIL ARENA DA AMAZONIA.FOTO MARINHO RAMOS/ SEMCOM.

O prefeito Arthur Virgílio Neto fiscalizou os trabalhos nesta manhã e alertou que outras pontes da cidade também precisam de atenção e vão ganhar reforço. “Nós temos mais de cem pontes de gabião pela cidade. Todas elas começando a ficar em estado de perigo em função dos efeitos do tempo. Elas foram feitas lá atrás, quando Manaus ainda tinha um menor fluxo de veículos, mas agora a cidade tem outro. Além disso, temos o agravante das chuvas mais intensas. Esta aqui da Lóris Cordovil tivemos que interditar. Vamos procurar resolver o problema em 60 dias, mas é preciso reestabelecer a circulação de maneira moderna e mais forte. E assim vamos fazer com as outras pontes da cidade“, disse o prefeito.

Na sequência dos trabalhos, será iniciada a implantação do estaqueamento das colunas e o nivelamento topográfico de toda a área para receber a nova estrutura em concreto armado. Toda a estrutura metálica retirada durante a execução dos trabalhos será reaproveitada na construção de novas pontes pequenas.

“Nós sabemos da limitação financeira da prefeitura, mas também sabemos da urgência de certos problemas e vamos fazer uma vistoria em cada uma das mais de cem pontes que estão em situação de alerta e ver o que se pode fazer para evitarmos futuros transtornos”, completou o prefeito, acompanhado do vice Marcos Rotta.

Desmoronamento

 Na área, um muro de alvenaria existente na calçada também cedeu, agravando o assoreamento no igarapé dos Franceses. A situação atingiu não só o pavimento, mas também a base e a sub-base da via. Assim que soube do ocorrido, o então prefeito em exercício Marcos Rotta acionou uma equipe da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) para ordenamento e instruções de trânsito na área, até que o serviço seja concluído.

Segundo o subsecretário de Serviços Básicos da Seminf, Antonio Peixoto, no igarapé os trabalhos estão na etapa de limpeza, devido ao acúmulo de lixo no local. “Estamos empenhados para executar o serviço da obra como um todo com total agilidade e liberarmos a via o mais rápido possível”, disse, ressaltando que se for necessário os trabalhos no local serão prorrogados por mais dias.

Mudança no trânsito

 Enquanto as obras continuarem na via, a Alameda do Samba estará com trânsito no sentido Lóris Cordovil em direção à Av. Pedro Teixeira invertido. Agentes do Manaustrans estão no local para orientar os condutores.

ver mais notícias