Político escapa de acidente de avião em Manaus: 'Desisti um dia antes'

O político Jocione Souza (PSDB), que foi eleito prefeito de Novo Aripuanã nas eleições de 2016, afirma que precisou cancelar a viagem até o município na véspera do acidente e desistiu de embarcar no avião que caiu, nesta quarta-feira (7). “Estou muito surpreso”.

Souza conta que já fez várias viagens entre Manaus e Novo Aripuanã, município a 227 km da capital amazonense.  O percurso aéreo dura menos de uma hora. “Viajo muito. Muito nessa área Manaus-Novo Aripuanã, nessa empresa ai. Uma viagem dura cerca de 50 minutos. Nunca aconteceu problema nenhum. Estou muito surpreso. A empresa é bem zelosa, bem cuidadosa”, afirma.

O adiamento do embarque no voo ocorreu na terça-feira (6). Silva iria viajar na aeronave Embraer 721D, de matrícula PT-REI, que decolou às 7h45 do Aeroclube de Manaus e caiu minutos depois no Bairro da União. Cinco pessoas morreram no acidente. Um homem foi levado com vida ao Hospital Pronto-Socorro 28 de Agosto.  

“Estava programado para viajar nesse dia [quarta], mas desisti um dia antes. Estava resolvendo uma situação e fiquei aguardando uma decisão. Como não saía a decisão, eu não pude viajar. Uma decisão referente ao trabalho”, disse Souza.  

Acidente área em Manaus (Foto: G1 AM)

O político também lamentou pelo ocorrido. “Eu estou muito pensativo e agradecendo a Deus. As vezes as coisas não acontecem na hora que a gente quer e a gente até reclama. Na verdade é Deus agindo. Vamos pedir a Deus pelo conforto das famílias e que Deus recebe essas almas em seu reino”.

Acidente
Uma aeronave de pequeno porte caiu em uma área de floresta no Bairro da União, na Zona Centro-Sul de Manaus, na manhã desta quarta-feira (7). Houve explosão e cinco pessoas morreram no acidente ocorrido por volta de 8h. Entre os mortos há uma criança. As informações foram confirmadas pelo Corpo de Bombeiros. Ainda não se sabe as causas do acidente.

ver mais notícias