Nova Estação de Tratamento de Efluentes é inaugurada no Parque Lagoa Arthur Virgílio Filho

Prefeito Arthur Neto inaugura da estação de tratamento de efluentes (ETE) do Parque lagoa senador Arthur Virgílio Filho no Japiim – Foto: Mário Oliveira

Já em operação, a nova Estação de Tratamento de Efluentes (ETE) do Parque Lagoa Municipal Senador Arthur Virgílio Filho, localizada no Japiim, zona Sul, foi oficialmente inaugurada nesta terça-feira, 6/6, como parte das comemorações pela Semana Municipal do Meio Ambiente. Além de beneficiar aproximadamente 500 famílias que moram no entorno do local, a obra é fundamental para o processo de despoluição da lagoa, prevista no projeto de requalificação do espaço.

Segundo o prefeito Arthur Virgílio Neto, a nova ETE atende à repactuação das metas estabelecidas pela prefeitura, reduzindo em 15 anos o prazo para que a Manaus Ambiental cubra a cidade de 80% de esgotamento sanitário.

“Nós exigimos que se trabalhasse com mais rapidez a questão do esgotamento sanitário e aqui temos essa estação, que devolve a água poluída 95% limpa para a lagoa. É uma homenagem que fazemos a Semana de Meio Ambiente e a consciência ecológica do nosso povo”, destacou o prefeito.

A obra, que se iniciou no primeiro semestre de 2016, é composta por um sistema moderno e totalmente automatizado e tem capacidade para tratar até cinco litros por segundo. Este ano, a Manaus Ambiental ainda irá realizar investimentos de R$ 70 milhões na construção de mais de 40 quilômetros de novas redes coletoras, além da construção e ampliação de estações de tratamento de esgoto.

“Foi uma orientação que o prefeito nos deu para buscar uma solução rápida para a poluição da lagoa do Japiim. Agora, o esgoto que era jogado diretamente na lagoa vai para a estação, que trata cinco litros por segundo e volta com a água absolutamente tratada para a lagoa”, explicou o presidente da Manaus Ambiental, Sérgio Braga.

Vale destacar que a ETE Japiim cumpre o Termo de Ajustamento de Conduta Ambiental (TACA), firmado entre a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e a concessionária Manaus Ambiental, no valor de R$ 1,2 milhão. Antes, o Parque recebia os efluentes gerados em seu entorno, ocasionando forte odor na lagoa.

Requalificação

Com a nova Estação de Tratamento de Esgoto será possível dar início ao trabalho de construção da segunda etapa do Parque, que prevê a instalação do Centro de Produção de Mudas do município, onde se concentrarão as atividades de produção e distribuição de mudas realizadas pela Semmas.

“Essa estação é um grande presente que a prefeitura entrega na Semana do Meio Ambiente para Manaus. Nós já temos um resultado significativo com o fim do odor forte que havia na lagoa e agora percebemos que os esportistas voltam a frequentar o parque”, disse o secretário da Semmas, Antônio Nelson Junior.

A primeira etapa foi entregue oficialmente à população em junho do ano passado, com estruturas requalificadas e novos espaços de convivência que deram conforto e comodidade aos frequentadores. O espaço ganhou um pergolado, com mesa de dominó e xadrez, escadarias de acesso, um novo auditório e espaço cultural, um ponto de distribuição de mudas padronizado, reforço na iluminação, que passou a ser toda em led. 

ver mais notícias