Lideranças políticas do Amazonas discutem possíveis nomes para eleição do novo Governador

Lideranças políticas e partidárias do Amazonas começaram a discutir possíveis nomes para disputar a ‘Eleição Tampão’ cujo vencedor terá um mandato de apenas 19 meses.

Os nomes especulados estão o do senador Eduardo Braga (PMDB-AM), o do ex-governador Amazonino Mendes (PDT) e do ex-deputado estadual Marcelo Ramos (PR).

 

Entenda porque o  senador Omar Aziz (PSD) não poderá concorrer na eleição. 

O mandato de José Melo, agora cassado, era sucessório ao do ex-governador Omar Aziz que deixou o cargo em março de 2014 para concorrer ao Senado. Se concorresse, seria como se disputasse uma nova reeleição, o que não é permitido pela legislação eleitoral Assim, ele só poderá concorrer ao governo nas eleições de 2018.

Também circulou nos bastidores políticos que o ex-governador Amazonino Mendes convocou amigos mais próximos para uma reunião na residência dele. O assunto seria avaliar uma provável candidatura na eleição suplementar. No entanto, o presidente do Partido Democrático Trabalhista (PDT-AM), deputado federal Hissa Abraão, divulgou nota dizendo que o partido tem um quadro político de qualidade e que só se posicionará a respeito do atual cenário político brevemente.

Marcelo Ramos é outro nome forte para a disputa,  a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e a posição do presidente estadual do PT, Waldemir Santana, que já fala em candidatura própria.

Outro nome é de Silas Câmara do PRB que foi muito bem votado para prefeito e está percorrendo o interior do Amazonas pleiteando o Governo nas próximas eleições 

ver mais notícias