IML informou que a causa da morte de Carmem Alves não foi afogamento, suspeita-se de assassinato

Carmem Alves tinha 39 anos, corpo de atleta e gostava de navegar em lanchas e do rio Negro, não sabia nadar e suspeita-se que ao cair da lancha não teve como voltar e nem os gritos de socorro foram ouvidos devido a acústica do evento. Carmem acabou morrendo afogada no Rio Negro, na madrugada desta quinta-feira (8), em Manaus.

Segundo testemunhas, a vítima estava em uma lancha nas proximidades da Praia da Ponta Negra, na Zona Oeste, onde ocorria um show no pier de um hotel de luxo.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta de 4h para fazer o resgate da vítima, que estava submersa a 15 minutos, segundo populares. A mulher foi encontrada boiando no Rio Negro e foi levada para a praia.

A corporação tentou reanimá-la, mas sem êxito.

De acordo com Kheyth, irmã da vítima, Carmem não sabia nadar e por isso ela acredita que a irmã jamais pularia no rio.
A irmã disse ainda que o IML informou que a causa da morte não foi afogamento.
Um laudo oficial ainda será divulgado.
Ainda segundo a irmã, uma investigação iniciou para apurar a verdadeira causa da morte de Carmem.

ver mais notícias