Expedição de Quadriciclo mostra a vergonha da BR319

Licença para manutenção da BR-31,deve sair hoje,diz Ibama.

A licença ambiental para manutenção da rodovia BR-319, que liga Manaus (AM) a Porto Velho (RO), deve sair hoje sexta-feira (1º), segundo anunciou, na quarta-feira (30), a presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Marilene Ramos, em audiência pública na Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI).

Carros atolados e muito sofrimentos.

O processo, que estava sob a responsabilidade do Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas (Ipaam) passou para a alçada do Ibama, depois de uma ação do Ministério Público questionando o licenciamento para obras de manutenção da rodovia.

Na audiência, a presidente do Ibama explicou que o órgão conseguiu as informações necessárias para concluir a licença ambiental para a manutenção da BR-319.

“A garantia é que até a sexta-feira a gente tenha a licença dentro dos parâmetros que foram acertados”, disse Marilene. A licença não permite do asfaltamento do trecho conhecido como “Meião”, de 400 km, ela autoriza, apenas, a continuidade da manutenção de pontes e do traçado da BR.

A Expedição BR 319 além de aventura é a mostra real do descaso político com a rodovia. Nosso Colunista de Esportes radicais, Leandro Vasconcelos, fotografou detalher da Rodovia.

BR- 319
A BR-319, que liga Porto Velho e Manaus, possui três trechos em obras. Para o trecho central, de 405,7 km, o Ibama emitiu em 2007 um Termo de Referência que solicitava a realização de Estudo de Impacto Ambiental/Relatório de Impacto Ambiental (Eia/Rima). Em 2009, após a devolução de dois estudos, uma terceira versão do Eia/Rima foi elaborada pelo Dnit. O documento, porém, não reuniu subsídios mínimos para verificar a viabilidade ambiental do empreendimento.

 

ver mais notícias