Eduardo Braga lidera eleição suplementar em todas as pesquisas de credibilidade no Amazonas

O senador Eduardo Braga desponta como o nome mais forte para a eleição suplementar para governador do estado, que ocorre em agosto, segundo a pesquisa de opinião da Action Pesquisas de Mercado divulgada ontem (16). Braga lidera as intenções de votos no primeiro turno tanto na pesquisa espontânea quanto na estimulada. Nos três cenários imaginados pela pesquisa para o segundo turno, Braga lidera todos e venceria Marcelo Ramos (PR), Amazonino Mendes (PDT) e Silas Câmara (PRB). Foram ouvidas 992 pessoas em todas a Zonas de Manaus, entre os dias 9 e 10 de maio. 

Na simulação de primeiro turno, entre Braga e o Marcelo Ramos (PR), o senador teria 32,9% dos votos válidos (excluindo brancos e nulos), segundo a Action, enquanto o ex-deputado estadual 23,6%. Amazonino Mendes teria a preferência de 10,6% dos eleitores. O deputado José Ricardo (PT) tem 9.3% de intenções de voto, enquanto Silas Câmara (PRB) tem 4,1%, Marcelo Serafim (PSB) tem 2,4%, Wilker Barreto (PHS) tem 1,0%.

De acordo com a pesquisa, se a eleição fosse hoje, Eduardo Braga também iria vencer todos os rivais no segundo turno. Contra Amazonino 46,6% dos votos, contra 26% do candidato do PTB.

Na disputa com Marcelo Ramos, o peemedebista teria 44,2% dos sufrágios, enquanto o candidato do PR de Alfredo Nascimento 32,2%.

Já em um terceiro cenário, desta vez contra Silas Câmara, o senador Eduardo Braga estaria eleito com 55,1% dos votos válidos, nas respostas estimuladas dos eleitores e o candidato do PRB teria 16,4%.

O responsável pela pesquisa e diretor-presidente da Action, Afrânio Soares Filho, tratou ainda da rejeição dos candidatos. Em primeiro lugar aparece o ex-governador Amazonino Mendes com 45,9%, seguido pelo vereador Marcelo Serafim (PSB) com 37,3%, Silas Câmara com 36,%, em seguida vem Eduardo Braga com 31,5%, depois Marcelo Ramos com 20,6%, Wilker Barreto e Professor Queiroz ambos com 19,2% e com a menor rejeição aparece José Ricardo com 15,%.

Fonte Fato Amazônico e Pesquisa Action 

ver mais notícias