Dois assaltos, dois mortos, um PM que estava com a filha e outro Vigilante, em menos de 3 horas em Manaus

Manaus – O vigilante José Edson Batista da Silva, 55, foi morto com um tiro, na tarde desta quarta-feira (8), durante uma tentativa de assalto na Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), na Rua Afonso Pena, Centro de Manaus. Três homens invadiram o centro de estudos para roubar a arma do vigilante que reagiu ao assalto, conforme informações do tenente Everton Zaranza, da 1ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

A vítima ainda chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu e morreu no local. De acordo com o tenente Zaranza, o crime foi por volta das 18h30.

Os três criminosos, que conseguiram fugir, estavam em um carro Prisma preto, de placa não identificada.

Outro caso

O soldado da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM), Cledson Afonso Moura da Silva, 50, foi assassinado a tiros, na noite desta quarta-feira (8), após reagir a uma tentativa de assalto. O crime aconteceu na rua Galileia, comunidade Jesus Me Deu, bairro Colônia Terra Nova, Zona Norte de Manaus.

 

A assessoria de comunicação da PM-AM, por telefone, confirmou a morte do policial, mas não revelou informações oficiais sobre a ocorrência.

Já policiais militares, por meio de rádio, comunicaram a morte do companheiro de farda. Em uma das mensagens um PM solicita ajuda de colegas para ir até a casa da vítima para confirmar a ocorrência.

O PM Cledson tinha 50 anos e aguardava reforma – Reprodução/Facebook

 

Em seguida, outro PM emite uma nova mensagem confirmando a ocorrência e relatando que, supostamente, Cledson foi baleado ao tentar reagir a um assalto. Segundo informações preliminares, infratores tentavam roubar a motocicleta dele.

Informações compartilhadas em redes sociais dão conta que o policial estava com a filha no momento do crime e que, supostamente, ela também teria sido baleada, mas a informação até o momento não foi confirmada por fontes oficiais.

A reportagem teve acesso a um vídeo, disponibilizado pela polícia, onde é possível identificar a ação dos infratores. A vítima estava em uma motocicleta, acompanhada de uma pessoa na garupa, quando foi interceptada por dois infratores em uma outra moto.

Na ocasião, um dos infratores desceu e tentou roubar a moto do PM. Cledson então travou uma luta corporal com o bandido e houve troca de tiros. O PM ainda chegou a balear o criminoso, que morreu no local, mas não conseguiu evitar ser baleado também. Ele chegou a ser socorrido por moradores, mas morreu minutos depois em um hospital.

O PM baleado foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para o Hospital Pronto Socorro (HPS) Delphina Rinaldi Abdel Aziz, na avenida Torquato Tapajós, bairro Colônia Terra Nova, Zona Norte, mas não resistiu e morreu ao dar entrada na unidade.

ver mais notícias