"Doa a quem doer" Amazonino afirma que prefeito Arthur Virgílio comprou imprensa do Amazonas

“Doa a quem doer” Amazonino afirma que prefeito Arthur Virgílio comprou imprensa do Amazonas, veja matéria do Portal BNC

“Prefeito desonesto, covarde, acostumado a enganar, a mentir, só papo, faz o que este (Arthur Neto, do PSDB) acabou de fazer. Inventou, inclusive, decisão judicial, com medo de dar o preço correto e o povo ficar chateado. Prefeito tem de ser macho, tem de cumprir com as coisas”.

A crítica é do ex-governador e ex-prefeito Amazonino Mendes (PDT), dirigida ao atual prefeito de Manaus.

De tênis, escorado a um esteio da casa do bairro Jorge Teixeira, na zona Leste da capital, aonde foi para dar apoio ao pré-candidato a vereador Ivan Brito (PMDB) em reunião comunitária, Amazonino esteve à vontade para dizer que o prefeito está enganando a população. E explicou por quê.

No bojo das críticas que disparou durante quase 30 minutos de discurso, Amazonino denunciou que a Prefeitura de Manaus “colocou 84 milhões de reais nos bolsos dos jornais, das rádios, televisões”.

E acusou os donos de jornais, rádios e TV de esconderem a verdade do cidadão. “Donos de rádio e televisão querem fazer negócio. Então, há uma mordaça, eles não podem falar a verdade”.

Amazonino disse que Arthur gastará até o fim do seu mandato cerca de R$ 320 milhões com propaganda para que falem bem dele, “para meter na cabeça do povo que ele era bom”, declarou.

Para o ex-prefeito, os R$ 320 milhões são apenas “um pingo d’água nos erros”. E interrogou a plateia: “Vocês querem ver como são enganados?”. Diante de uma resposta positiva, Amazonino disse:

“Vocês não sabem das negociatas que têm por aí, as jogadas, desapropriações, os esquemas, as mentiras…”.

Amazonino aproveitou o ensejo para também criticar um ex-governador, que não quis dizer o nome, “que administrou 60 bilhões de reais e que é aplaudido pelo povo, mas que não sabe o que ele fez”.

Disse ele: “Vocês aplaudem, vocês não sabem o que foi feito. Se você for procurar a obra, você não vai achar nada. No entanto, está na cabeça do povo que ele foi um bom governante…”, afirmou.

Nada de ser candidato

Depois do discurso interrompido por aplausos, Amazonino garantiu que não é candidato a nada, que não quer mais saber disso. “Agora tenho de cuidar de mim e da minha família”.

Entretanto, disse que vai ser um andarilho nesta campanha, nos bairros e no interior. “Estou aqui assim, tô disposto, e vou pro pau. Vou enfrentar essa cambada. Chega! Eu tenho o que mostrar”, afirmou, em referência às suas obras e realizações como prefeito e governador, por seis mandatos.

Amazonino: “Prefeito (Arthur) desonesto, covarde, acostumado a enganar, a mentir”

ver mais notícias