David Almeida reabre diálogo com PMs e professores em busca de solução

O governador David Almeida deu início à reabertura do diálogo com os representantes dos sindicatos das associações dos policiais militares, em encontro na tarde desta segunda-feira, 5 de junho, na sede do Governo do Estado.

David Almeida, que está no cargo há quase um mês, reforçou o compromisso com a categoria de iniciar o processo para conceder as promoções, uma reivindicação de três anos, e solicitou ao Comando Geral da Polícia Militar um estudo, que deverá ser entregue em 10 dias, para que seja avaliado o impacto das promoções da PM na folha de pagamento do Estado.
Antes da reunião com os militares, o governador também convocou a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (Sinteam) para discutir as demandas da categoria. Em suas reivindicações, os professores solicitam um reajuste de 30% no salário, que a contribuição de 6% do trabalhador para o vale-transporte seja extinta, que o plano de cargos da categoria seja posto em prática e que o valor do vale-alimentação seja igualado ao da cesta básica no Amazonas.

David Almeida disse que também está disposto a negociar com os professores, por isso também solicitou um estudo da Seduc com o objetivo de analisar o impacto orçamentário das demandas. “Eu estou de portas abertas para todas as classes, foi por isso que não esperei os professores me procurarem e solicitei este encontro com seus representantes. Não podemos tomar decisões precipitadas, mas faremos o possível para atender o que formos capazes neste momento”, afirmou.

O presidente do Sinteam, Marcos Libório, a reunião mostra que o governador David Almeida tem boa vontade em resolver os problemas pendentes. “Nos chama para conversar por iniciativa própria e se compromete em avaliar nossas propostas. É um grande avanço”, comentou.

ver mais notícias