David Almeida anuncia inauguração do Hospital Delphina Aziz e do Centro de Nefrologia do Adriano Jorge para este mês

O governador David Almeida anunciou nesta sexta-feira, 14 de julho, que, até o final deste mês, vai abrir o hospital Delphina Aziz, que será o maior de Manaus, além de inaugurar o Centro de Nefrologia da Fundação Hospital Adriano Jorge( FHAJ). “Estamos dando uma outra realidade à saúde pública do nosso estado. A abertura total dos procedimentos do Delphina Aziz, junto com demais investimentos nos grandes hospitais vai contribuir no nosso projeto de otimizar o atendimento, agilizar os procedimentos e acabar com filas de espera”, disse o governador em visita que fez na tarde desta sexta-feira ao Adriano Jorge.

O Centro de Nefrologia será inaugurado no próximo dia 31 e vai duplicar os procedimentos de hemodiálise na rede estadual. Os pacientes que estão em tratamento improvisados em prontos-socorros serão remanejados. O centro vai passar a atender 210 pacientes que vão realizar 2.730 sessões de hemodiálise por mês. As sessões de hemodiálise são realizadas três vezes por semana durante o período médio de 13 dias. Em casos, mais graves é prolongado para um mês.

“A inauguração deste centro vai atender pessoas que estão sofrendo há muito tempo, otimizando melhores procedimentos, dando um atendimento humanizado e zerando as filas de espera”, avaliou David.

Com a compra de materiais, o Hospital Adriano Jorge também retomou as cirurgias ortopédicas. A meta é realizar 160 cirurgias por mês, dando fim à espera de pacientes que aguardam pelo procedimento.

Inaugurado parcialmente em 2014, o Hospital Delphina Aziz funciona atualmente com pronto-socorro e um centro de diagnóstico com o maior parque de imagem do Estado. A unidade hospitalar está pronta com o maior centro cirúrgico e Unidade de Tratamento Intensivo do Estado. O governo disponibilizou toda a infraestrutura técnica e física para o pleno funcionamento da unidade.

O governador David Almeida revelou que diversos investimentos estão dando aporte para agilização do atendimento em saúde no Estado. O Hospital Universitário Francisca Mendes (HUFM) teve recursos acima de dois milhões que foram investidos na compra da nova máquina de hemodinâmica, manutenção da outra máquina que voltou a funcionar, além de aquisição de órteses, próteses e materiais especiais.

De acordo com o governador, o reforço no setor de hemodinâmica do Francisca Mendes, vai reduzir o tempo de internação de um mês para menos de 24 horas. “A demanda hoje é de 167 crianças que ficavam um mês no hospital. Com o funcionamento da primeira máquina de hemodinâmica e, daqui a 10 dias, da segunda recém adquirida, essa criança vai passar pelo procedimento hemodinâmico pela manhã, sem precisar abrir o peito e, de tarde, recebe alta”, comemora David.

O governador ressalta também o investimento robusto na compra de medicamentos que estão abastecendo todas as unidades de saúde da capital e interior. Esta semana o Estado realizou a terceira compra do ano.

ver mais notícias