Bomba! Cabeleireiro é candidato surpresa na eleição para governo do AM

A eleição suplementar ao governo do Estado ganhou nas últimas horas um 9° candidato na disputada nas últimas horas para o registro individual de candidaturas – o cabeleireiro Jadelvoni Nogueira Deltrudes (PPL). A informação foi confirmada pelo secretário Judiciário do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), Waldiney Albuquerque.

Segundo o secretário, o calendário eleitoral do TRE previa como data final para o registro coletivo de candidaturas – aquelas apresentadas pelos partidos ou coligações, o dia 19 de junho. “Mas depois disso foi publicado um segundo edital para fins de impugnação de candidaturas, onde os partidos, os candidatos, as coligações e o MP-AM poderiam impugnar algum desses candidatos, e para fins de registros individuais, e o prazo final era essa sexta-feira (23/06)”, explicou.

A candidata a vice-governadora na chapa encabeçada por Jardel é a advogada Fabiana Campos Silva Wilkens, também do PPL. “Na convenção do Jadelvone, segundo a ata, tinham quatro pessoas, ele, a vice, o presidente da sigla e mais uma pessoa”, informou. Jardel é natural de Manaus, possui ensino superior incompleto e é empresário.

O candidato foi testado nas urnas em 2012, quando concorreu ao cargo de vereador e obteve 1.148 votos, segundo o DivulgaCand (Divulgação de Registro de Candidaturas) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Os dados oficiais do candidato (Jardel) nesta eleição só estarão disponíveis no site do TRE-AM na segunda-feira, pois o TSE, que é quem atualiza os dados, não tem plantão durante o final de semana”, informou o secretário judiciário.

Procurado pela reportagem por meio do telefone 992xxxx22, Jardel não atendeu as ligações, nem respondeu as mensagens encaminhadas via WhatsApp.

Além de “Jardel”, nome que o candidato irá usar nas urnas, são candidatos nesta eleição: Amazonino Mendes (PDT), Eduardo Braga (PMDB), Marcelo Serafim (PSB), Luiz Castro (Rede), Liliana Araújo (PPS), Rebecca Garcia (PP), José Ricardo (PT) e Wilker Barreto (PHS) devem providenciar seus registros junto à Justiça eleitoral.

Fonte Á Critica 

ver mais notícias