Assessores de Amazonino criam 'boato' de doença e morte para gerar polêmica e notícias em volta das eleições para Governo

A quem interessaria boatos de doença e morte de Amazonino? A mais ninguém! A não ser aos marqueteiros que precisam trazê-lo de volta para uma disputa eleitoral em agosto.

A imagem de vítima do bom velhinho experiente é a mesma criada para Melo nas eleições de 2014. Um tiro errado na imagem de Amazonino. Todos sabem que ele deixou a prefeitura de Manaus com a saúde debilitada e ficou meses tratando da diabetes.

Os assessores de Amazonino sempre foram péssimos em simpatia e jogada de estratégias.

São tão arrogantes que afastam o político Amazonino da população e criam uma cerca de ‘jurubeba’ ridícula e uma soberba que ninguém aguenta, nem mesmo os parentes e amigos de Amazonino.

Com tanta vontade de voltar ao poder, criam estratégias arcaicas e fora de moda. Uma hora jogam a notícia nos blogs patrocinados que ele está malhando e revigorado, na outra se descobre que está doente e foi internado às pressas em hospital de São Paulo. Um marketing político de certa forma apelativo.

Amazonino deveria repensar bem em quem está cuidando de sua imagem que, ao invés de ajudar, está piorando ainda mais.

Infelizmente, têm blogs que acreditam nas informações dessa espécie de “fábrica de boatos” gerada por assessores aparentemente desocupados. Porém, depois que a notícia corre, querem desfazê-la.

Será que os opositores de Amazonino se prestariam a dar um tiro no pé dessa forma? Será que são tão ingênuos a ponto de ajudá-lo a criar uma imagem de coitado vitimado pelos oponentes?

Me poupe!!!

ver mais notícias