Após três semanas na UTI, Praciano reage a estímulos

Após três semanas internado em um hospital de Fortaleza (CE), o ex-deputado federal Francisco Praciano (PT) reagiu nesta quarta-feira, dia 30, pela primeira vez, a estímulos naturais na UTI, onde está internado desde o dia 8 deste mês, acometido de uma bactéria que tomou conta de seus pulmões em menos de 24 horas.

Os médicos que cuidam do ex-parlamentar já haviam tentado reduzir os sedativos para que ele desse sinais de reação ao tratamento, mas Praciano sempre despertava com extremo incômodo, relatou um amigo da família.

Hoje, porém, ele se mostrou consciente e reagiu às palavras do médico, que lhe pediu para apertar sua mão. Praciano apertou e depois dormiu.

De acordo com as notícias que chegam de Fortaleza, os médicos também se mostraram mais animados com o tratamento. Eles acham que encontraram o equilíbrio da medicação para atacar as bactérias.

A família também descarta a hipótese de câncer levantada quando ele foi internado no dia 8 de março.

Praciano foi fumante durante 40 anos. Há dez meses já não fazia mais uso de cigarro, mas a decisão de abandonar o vício foi motivada por problemas pulmonares, quando também a hipótese de câncer foi levantada, mas descartada com exames mais detalhados.

Foto: Edison Piola/portaldoamazonas.com

ver mais notícias